Alta Joalheria

Como identificar um diamante: guia completo de como reconhecer um adequadamente!

10 de abril de 2024

Por que é importante identificar um diamante?

COMPARTILHE

Os diamantes são uma das pedras preciosas mais desejadas em todo o mundo, presentes em diversas peças de luxo, como anéis, pulseiras, colares e até mesmo roupas. 

No entanto, são poucas as pessoas que saibam verdadeiramente como identificar um diamante. Isso porque é uma tarefa extremamente minuciosa. 

Ter essa habilidade é essencial para lidar com o mercado de pedras preciosas, especialmente se você é um entusiasta iniciante. 

Mas afinal, como identificar um diamante da maneira correta? É exatamente sobre isso que vamos falar neste artigo. 

Separamos um guia completo de como identificar diamantes da maneira mais precisa possível. Vamos conhecê-la? Então, boa leitura! 

Leia também: Tipos de Ouro: conheça-os por cor e quilates

O que é um diamante?

Os diamantes são pedras preciosas formadas por átomos puros de carbono em condições de cristalização. 

Eles podem ser encontrados em toda superfície da Terra e possuem alto valor de mercado, sendo considerados uma das pedras mais valiosas do mundo. 

Por ser a pedra mais valiosa do mundo, o diamante é comumente utilizado para confecção de luxo, como acessórios, jóias, roupas, decorações e outros. 

No entanto, por serem pedras extremamente resistentes, com dureza 10 na escala de Mohs, elas também são utilizadas no setor industrial para atividades de escavação. 

Por que é importante identificar um diamante? 

No mercado global, identificar um diamante é essencial para garantir transações justas e confiáveis. 

Isso porque a autenticidade de um diamante é um fator determinante para o seu valor no mercado de joias e pedras preciosas. 

Sem uma identificação precisa, já risco de fraudes, com diamantes sintéticos ou tratados sendo vendidos como naturais, o que prejudica os compradores e vendedores. 

Além disso, a identificação correta de um diamante é importante para garantir a integridade do comércio de joias e confiança dos consumidores. 

Portanto, se você deseja adquirir um diamante de qualidade e também de confiança, é crucial que você saiba identificá-lo de maneira correta.

Características de um diamante

Mas afinal, como identificar um diamante? Para identificar a originalidade de um diamante, é essencial conhecer suas características. As principais são: 

  • Dureza: O diamante é a pedra preciosa mais resistente e dura do mundo. Por isso, eles não podem ser arranhados por nenhum outro material, exceto por outro diamante.
  • Brilho: O brilho do diamante é excepcional devido à sua capacidade de refletir a luz. Esse brilho é conhecido como “brilho adamantino”.
  • Transparência: Os diamantes são genuinamente transparentes ou têm uma leve tonalidade de cor. 
  • Corte: Diamantes autênticos são habilmente lapidados para maximizar seu brilho e refração de luz. Os cortes mais famosos são redondo, princesa, esmeralda e coração.
  • Peso: O peso de um diamante é medido em quilates. Um quilate equivale a 0,2 gramas. Os diamantes autênticos são geralmente mais pesados. 
  • Certificação: Por fim, os diamantes autênticos geralmente vêm com certificados de autenticidade emitidos por laboratórios reconhecidos. 

Essas são as características mais puras de um diamante. Então, caso queira encontrar um diamante autêntico e original, revise os pontos citados anteriormente. 

Leia também: Pedra de rubi: o que é, características e significado!

Afinal, como identificar um diamante?

Como identificar um diamante: guia completo

Existem alguns métodos específicos que comprovam a autenticidade de um diamante. Separamos alguns deles a seguir. Veja! 

1. Exame visual

O primeiro método para identificar um diamante é o exame visual, onde existem inúmeras características a serem observadas para identificar a autenticidade de um diamante. 

No exame, é preciso analisar o brilho excepcional, a transparência, a qualidade do corte, a ausência de arranhões, entre outros aspectos. 

Lembre-se que um diamante genuíno também deve exibir reflexos de luz nítidos e vívidos em sua superfície quando movido sob uma fonte de luz. 

2. Teste de luz ultravioleta

Outro método que pode ser utilizado para identificar um diamante autêntico é o teste com luz ultravioleta. 

Sob a luz ultravioleta, muitos diamantes emitem uma fluorescência azul fraca. No entanto, nem todos os diamantes exibem fluorescentes e a cor pode variar. 

Além disso, a fluorescência não é uma indicação definitiva da autenticidade de um diamante, mas pode ser um indicador útil quando combinada com outras características.

3. Teste de nevoeiro

Uma técnica muito comum de como identificar um diamante é o teste de nevoeiro, comumente utilizada para certificar a autenticidade do diamante.

Para fazer esse teste é necessário respirar na pedra. Se a pedra formar uma névoa que se dissipa rapidamente, é um diamante. 

Por outro lado, se a pedra não formar uma névoa ou se a névoa persistir por muito tempo, é uma pedra falsa. 

Esse teste é funcional porque o diamante tem uma alta condutividade térmica. Quando você respira na pedra, o calor da sua respiração é rapidamente conduzido pelo diamante, fazendo com que a névoa se dissipe rapidamente.

4. Consulta com especialista

A consulta com o especialista é o método mais confiável para identificar um diamante. Um gemólogo, especialista em pedras preciosas, pode identificar rapidamente um diamante.

Com suas ferramentas e técnicas avançadas, o gemólogo pode identificar diamantes de uma maneira precisa e confiável. 

Por isso, se você está pensando em comprar diamantes ou peças com essa pedra preciosa, consulte um gemólogo para uma consulta mais detalhada e específica. 

5. Teste de reflexão

Outro teste muito eficaz é o de reflexão. Apesar de ser simples de ser efetuado, não é 100% confiável. Para realizá-lo, siga os seguintes passos:

  • Coloque a pedra sobre um pedaço de papel branco com um ponto preto desenhado no centro.
  • Observe a reflexão do ponto preto na pedra.

Se você conseguir ver o ponto preto claramente, a pedra pode ser um diamante. Se o ponto preto estiver distorcido ou borrado, a pedra pode ser uma imitação. 

Esse teste é eficaz porque os diamantes têm um índice de refração alto. Ou seja, eles dobram a luz de maneiras diferentes de outras pedras preciosas.

6. E, claro, a certificação

Por fim, é essencial que o diamante tenha o certificado de autenticidade emitido por um laboratório gemológico que atesta a veracidade da pedra. 

No certificado é importante que tenha as especificações como: peso, medidas, cor, clareza, corte e outras características.

Por isso, ao comprar um diamante, é muito importante que você solicite um certificado da sua pedra. 

Entenda os diferenciais da Sara Joias

Como identificar um diamante de forma precisa: guia completo

Já pensou em garantir joias de luxo de alta qualidade feitas com diamantes autênticos? Então, essa é a chance de você contar com a Sara Joias!

Se você é uma pessoa que valoriza a qualidade, a beleza e a sofisticação, nossa alta joalheria é a resposta certa! 

Na Sara Joias, você encontra uma variedade de joias para todos os gostos e ocasiões, do mais básico e sofisticado até coleções temáticas e personalizadas. 

Além disso, você conta com atendimento especializado e garantia de autenticidade e procedência das peças. 

Quer conhecer mais sobre a Sara Joias e seus produtos? Então, acesse nosso site e confira nosso catálogo completo! 

Conclusão

Agora que você já entendeu como identificar um diamante, está na hora de você garantir a sua peça de diamante autêntico. 

No entanto, não se esqueça dos métodos eficazes para garantir que sua pedra é verdadeira, como o exame visual e os testes de reflexo, ultravioleta e nevoeiro.

O diamante é uma das pedras mais valiosas e desejadas do mundo. Portanto, adquiri-la é um investimento para vida e também financeiro. 

Se você quiser saber mais sobre pedras preciosas e joias de luxo, acesse o blog da Sara Joias

Leia também: Cores do diamante: quais são as principais e quais são suas classificações!